SAINTS ROW reboot!

Tudo DE BOM, E DE RUIM!

Se tem um jogo que é muito fácil não gostar logo de cara, esse jogo é o reboot de Saints Row. 

Não consigo culpar quem não gostou, porque para gostar desse reboot, é preciso ter a visão além do alcance.

É preciso paciência, tolerância e boa vontade para enxergar além dos defeitos, que não são poucos e são super aparentes.

Mas também ouvi que o jogo é puro lixo e que é o pior jogo do ano, e que não tem  isso com certeza absoluta não é.

O pior jogo do ano? Não.

Eu joguei por 21h, e no vídeo de hoje vou usar da mais sórdida sinceridade para dizer tudo que que penso sobre ele, e vai ser agora só vem!

Para contextualizar, primeiro bora estabelecer o que a franquia não é.

Saints Row não é um jogo triple A e nunca foi. Aos meus olhos, sempre foi um jogo de baixo orçamento satirizando GTA.

E outra coisa que nunca foi, é GTA.

GTA já é uma sátira a sociedade, o que faz de Saints Row, uma satira da sátira da sociedade.

O Logo de Guange
O Logo de Gangue

Saints Row nunca foi famosa por gráficos de ponta, roteiro inteligente, tramas elaboradas ou personagens profundos.

Sempre foi um game da zoeira elevada ao infinito, nada estava imune ao humor que pendia para o lado ofensivo da força, tirando sarro de tudo e de todos da forma mais escrachada possível.

O game da zoeira infinita

Saints Row nunca foi um jogo de apelo de massa, mas conquistou seu público.

Eu conheci a franquia no terceiro jogo, que ainda era um pouco mais pé no chão. 

No entanto SR 4 chutou o pau da barraca, misturando presidência dos Estados Unidos, Invasão Alien, realidade virtual e matrix tudo junto.

2016 ainda teve o Gat out of hell, que é como se fosse uma continuação onde os saints tem que escapar das forças capirotianas do inferno.

A cidade das gangues

Saints Row é sobre a ascensão de uma gangue, do mundo do crime até conquistar o planeta.

Havia uma continuidade na franquia original, a cada jogo os Saints foram escalonando seu império até chegar ao inferno, e depois disso a franquia foi abandonada pela volition, que é a criadora da bagaça.

Eu curto muito a franquia, e quando assisti esse trailer, para mim nem fedeu, nem cheirou. Mas a internet de forma geral, odiou.

✨👉 A Análise de Saints Row continua no Youtube!

Por Ed Topzero

Eu não sou um jornalista, nem um documentarista. Sou um nerd tetudo que sabe que videogame é uma das melhores coisas da vida.